DOBRADINHAS CULTURAIS E GASTRONÔMICAS EM SÃO PAULO

title_comment title_viagem

Passear em São Paulo é geralmente caro. Primeiro tem o estacionamento, já que a maioria das pessoas se movimenta de carro, depois a entrada do museu/show/atração e depois o almoço, lanche ou jantar no intervalo da programação. No entanto, a cena cultural e gastronômica paulistana é riquíssima e seria um desperdício não aproveitá-la. A boa notícia é que há opções interessantes para gostos e bolsos variados, basta estar atenta às oportunidades.

Levando em consideração regiões da cidade bastante frequentadas aos fins de semana, selecionei opções culturais e restaurantes acessíveis para quem busca um programa legal para um sábado ou domingo em São Paulo, mas não quer gastar tanto. Confira a seguir, algumas dobradinhas boas, bonitas e baratas!

001

Se estiver na região da Paulista aos finais de semana, a Caixa Cultural, dentro do Conjunto Nacional, é boa pedida. Há mostras temporárias gratuitas de pintura, fotografia e artes plásticas.  Para quem está com crianças, o ponto positivo é que são exposições pequenas e que não exigem tanto tempo. Depois, vale passar na Livraria Cultura, ao lado, e se perder entre os milhares de livros, revistas, DVDs e papelaria distribuídos entre os andares. Há áreas gostosas de leitura e também um café que vive lotado! Para uma refeição rápida, experimente a Bella Paulista, a duas quadras dali, padaria enorme 24 horas, que serve de tudo: desde salgados e pizzas, até saladas, pratos mais elaborados e sopas.

Outra opção de restaurante? O Saj (Rua Fernando de Albuquerque, 255) tem comida libanesa deliciosa, ambiente charmoso e bons preços.

002

Para quem gosta de esportes, o Museu do Futebol, no estádio do Pacaembu, é um prato cheio. Moderno e interativo, tem uma exposição permanente com fotos, vídeos e objetos relacionados à história do futebol no Brasil e à paixão do brasileiro pelo esporte. Logo na entrada, o visitante já encontra uma bonita sala com flâmulas, bandeiras, cartazes e outros adereços do futebol. Ao final, há até mesmo uma seção que simula (com sons e luzes) a sensação de estar em meio à torcida durante um grande jogo. O museu abre das 9h às 17h e é gratuito aos sábados. Depois, se a fome bater, a sugestão é o restaurante On Va Manger, recém-aberto nas imediações do shopping Frei Caneca. O pequeno e charmoso bistrô serve autênticos pratos da cozinha francesa no esquema entrada+prato principal+sobremesa (por R$ 34,50), verdadeiro achado para quem gosta de boa comida!

Outra opção de restaurante? O Fiftie’s (Praça Vilaboim, 77) tem hambúrgueres e fritas que agradam jovens e adultos!

003

O Instituto Tomie Ohtake sempre tem mostras interessantes e grátis, relacionadas a artes plásticas, fotografia, design e pintura. Depois do sucesso estrondoso de “Obsessão Infinita” de Yayoi Kusama, a casa prepara a chegada da exposição Salvador Dalí, com 200 pinturas que retratam a evolução da obra deste excêntrico artista, outro potencial sucesso de público. A mostra entra em cartaz dia 19 de outubro e vai até 11 de janeiro 2015. Para antes ou depois da mostra, a dica é o gostoso brunch do Ruella (aos domingos, das 12h às 16h30), que fica ali pertinho. O terraço ao ar livre na entrada é um charme!

Outra opção de restaurante? O Le Jazz (Rua dos Pinheiros, 254) tem pratos clássicos de bistrô e bons preços. Está sempre lotado!

lengeda

profile_mariafernandanova

Print(11) 9 9738-8089 | contato@travelbox.com.br | www.travelbox.com.br | @travelboxbr

 

Leave a Reply