Faça as pazes com o seu armário

faca-as-pazes-com-o-seu-armario-768x409

 

Como seria bom se pudéssemos de tempos em tempos juntar todas as peças do nosso armário, colocar em uma mala e manda-la para a doação, brechó ou qualquer outro lugar onde não  vessemos mais  todas aquelas peças que não nos fazem mais sentido. Deixar somente aquelas  que, sabe-se Deus porque, chamamos de coringa ou amamos de paixão; seja pela cor, modelagem ou apreço sentimental mesmo.  Para poder viver finalmente aquele momento que toda mulher sonha “SAIR DELIRANTEMENTE COMPRANDO TUDO NOVO”, com outra cara , ou mais ousada, ou mais moderna, sensual ou criativa. pois comprovadamente nós mulheres temos essa eterna necessidade de mudar, de nos sentirmos, atraentes, “diferente”. Seja para uma festa, para dormir, para ficar em casa, sair com as amigas, ou para o trabalho. Somos eternas camaleoas, e é ai que está a nossa graça, o nosso encanto.

faca-as-pazes-com-seu-armario-moca-bonita-blog

Porém, sair por aí se desfazendo de peças que não queremos  mais  ou porque achamos que não nos fica bem;  nos dias de hoje seria uma atitude um tanto quanto  fora da realidade. Vestir-se hoje é investimento, e não se constrói um armário interessante da noite para o dia; nem mesmo com muito dinheiro. Este é um processo que leva muito autoconhecimento e tempo.

Se tornar uma ‘fashion victim” também  não é a melhor saída para se fazer as pazes com o seu armário. Não que você deva dar totalmente as costas para o que se está usando, mas comprar determinada peça só porque está na moda e não tem nada a ver com você é muita tolice!!!

O quadro abaixo nos indica de como deveria ser o nosso armário:

 

faca-as-pazes-com-seu-armario

Nestes 50% de peças clássicas, eu nem diria “clássica” – pois isso é muito relativo- e sim, peças interessantes e de qualidade que fazem sentido em sua vida, ou seja, que tenham a ver com seu repertório pessoal e estilo de vida.

Um dos primeiros passos para fazer as pazes com o seu armário, é de realmente comprar somente aquilo que tem a ver com você,  que tenha a ver com os seus objetivos e estilo de vida. Comprar somente aquilo que faz sentido no atual momento da sua vida!!!

Chega de entulhar seu armário com peças de 20, 30, 50 reais que não tem nada a ver com você e você compra só porque está na moda e baratinho.

Não que se devam comprar somente roupas caras, e que somente as roupas caras são de boa qualidade. É preciso saber identificá-las para não passar raiva!

Comprar uma roupa “cara” só porque está na moda e não tem nada a ver com você, também não é muito coerente.

Vamos entender que roupa “cara” é aquela que fica parada no armário, é aquela que fica esperando “aquela ocasião” ou o “quando eu” para ser usada.

Roupa cara é aquela que pagamos baratinho, mas que na primeira lavada a costura lateral vem parar no umbigo. Roupa cara é aquela peça incrível,” desejo”, que juntamos o dinheiro, pagamos uma fortuna e gastamos o maior tempo provando e nos desgastando na frente do espelho  para fazer pares e nada  que temos em nosso armário faz sentido com ela. E que infelizmente aquela peça “incrível” ficará solitária no fundo do armário escuro.

Só invista seu dinheiro em peças que realmente fazem sentido em sua vida, se realmente valerem a pena: seja ela “barata” ou “cara”. Não se esqueça de verificar se dentro de seu armário vai haver peças para compor diversos looks a fim de otimizá-la ou se esta será apenas  mais uma “estranha no ninho”.

Porém, se você estiver naquela fase de mudança, que todas nós já passamos e ainda passaremos muitas vezes se Deus nos permitir, POR FAVOR NÃO SE DESESPEREM, não saiam atirando para todos os lados. Faça isso de maneira consciente e coerente!

Não adianta querer virar a Kourtney Kardashian ou a Constanza Pascolato da noite para o dia. Mas dá sim, com pequenos ajustes, ir transformando a imagem para se chegar a mais adequada e desejada, lembrando-se sempre que VOCÊ É A SUA MELHOR IMAGEM, e que não existem corpos perfeitos….. bom, vou parar por aqui este assunto pois pode ser um próximo post!!!

Para isso tudo, investir em peças de qualidade e coerentes ao seu repertório é sempre a opção mais inteligente, comprar em lugares onde as vendedoras tenham um preparo extra de informação também pode ajudá-la. Pesquisar marcas que tenham o melhor custo benefício, que se façam atraentes pela qualidade e versatilidade, que sejam atemporais e cheias de estilo. Peças que agreguem valor e que comuniquem as suas qualidades e objetivos.

Temos o grande defeito de nos acostumarmos com o que vemos; como se nossos olhos ficassem viciados sempre nas mesmas proporções e combinações, mas que depois de um tempo de tanto serem batidos na mídia acabamos achando o máximo!!!Provar peças que já tenha, só que de maneiras e com combinações que nunca lhe passaram pela cabeça antes, também é um ótimo exercício que irá te surpreender  e que  lhe renderá novos looks. Faça o teste na frente do espelho, OUSE, PERMITA-SE!!!

faca-as-pazes-com-seu-armario-moca-bonita

Mas você não precisa esperar que as peças ou combinações interessantes estejam em todos os canais de comunicação para explora-las !!! Você só precisa PROVAR, DESMONTAR, MISTURAR, BRINCAR com as peças como jamais pensou.

E Como já disse  Inês de la Fressange em seu livros “A Parisiense”:

” respire o láir des tempes e o use com critérios. Divirta-se. Siga algumas regras, mas transgrida-as também. ”

Então saia do comodismo e ARRASE , sem perder o foco!

 

renata-biazottoTexto de Renata Biazotto: Designer de Moda Especializada em Consultoria de Imagem e Estilo, percebe o slow living como uma nova mentalidade carregada de benefícios e mudanças para nós e para o mundo.

Leave a Reply